.

.

Mega Link

Mega Link

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

EM FÁTIMA, VANDALISMO: Bancos da Praça são arrancados e jogados em cima de lixeira


Recentemente a Praça Primo de Souza Guerra, situada no centro do Distrito de Fátima, sofreu um ato de vandalismo, pois os bancos que servem para os populares sentarem, foram arrancados de seus lugares e arremessados fora, alguns jogados em cima das lixeiras.
Caracterizando assim,  crime contra o  patrimônio público.
Esperamos que ao ser identificado o meliante responda pelos seus atos, evitando assim que outros venham  cometer a mesma prática delituosa.

Mês retrasado tivemos outro caso de dano ao patrimônio público, onde os bancos da praça  foram quebrados no povoado de São João dos Leites, também no município de Flores (Relembre)



O Código Penal Brasileiro define o crime de dano no caput do art. 163: “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, prevendo pena de detenção, de um a seis meses, ou multa”.
No caso de “dano qualificado”, a pena é de detenção de seis meses a três anos e multa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário